Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

terça-feira, 9 de junho de 2009

Passou?!




Senti
deixei que entrasses...
deixei soltar as folhas
rasgadas por dentro
no passado


Olhei
abri a porta
abri o mundo
escondido no jeito

de quem sofre


Toquei
os rostos sinceros
os beijos doces
gravados no leito

da alma

Sonhei
encontrar o outro lado
entrar na metade

dos meus sentidos


Amei
o sabor a mel
o cheiro intenso

do teu peito

Perdi-te
pra essa cidade
que nos consumiu os dias
nas horas ...



quando caminhares
nessas ruelas molhadas
procura por uma gota perfumada
serei eu
serás tu
seremos nós
guardados nela

10 comentários:

S . disse...

Se passou, deixou um rasto muito forte...
marcou com certeza.

Estas ruas por onde nos perdemos e encontramos ...


beijo *

Vagabundo Social disse...

Acho engraçada a forma como dispões os teus poemas... Frases desalinhadas, cores diferentes em certas palavras... Nota-se que são textos muito profundos, sentidos. Escolhes bem todas as imagens que tens no blog... Tanto a do perfil e a do título, como as que ilustram os textos. Têm a ver com o que escreves e são apelativas.

Maria Francisca disse...

Gostei imenso.
Adorei a parte: 'quando caminhares
nessas ruelas molhadas
procura por uma gota perfumada
serei eu
serás tu
guardados nela
seremos nós' :)
*

Azoth disse...

Bom dia.
Que bom que existe o Presente para podermos criar um Futuro diferente

David Marinho disse...

Gosto do teu jogo de palavras e da maneira estética com as pões, fantastico :D

@

Vicky disse...

Gostei imenso da forma como te exprimiste nestas palavras e a maneira como elas estão dispostas no texto.
A frase final caiu na perfeiçao.

Sofia Ribeiro disse...

Simplesmente lindo...
Um texto intenso e belo...
Parece que tb gostas da Mafalda...

Beijinhos

Pétala disse...

Teu espaço está perfeito, e muito aconchegante. Também fazes parte da sociedade secreta? Já mandei uns bons segredos pro Shiuuuu.

Beijos e pétalas.

Serenidade disse...

O que passou, passou, minha querida. Há que olhar, acima de tudo, para o momento presente, o amanhã apenas será o que fizeres do momento presente. Há que vive-lo intensamente, pq o que nos espera amanhã, será apenas amanhã e só amanhã

Alegra esse teu lindo, lindo, lindo coração.
Obrigada por tudo.

Serenos sorrisos

Delirius disse...

Costumas dizer que escreves para ti e para os outros, ñ te zangas se te contrariar?! Bom, as tuas palavras vêm do mais profundo de ti, diria que os teus dedos obedecem à ordem que a tua alma lhes transmite no momento em que precisa de libertar-se. E quando criamos algo e gostamos, é-nos importante que nos leiam e apreciem!
Eu, pessoalmente aprecio imenso o que tu escreves.
Este poema é lindo, sendo de uma simplicidade encantadora.
Beijo, menina.