Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Estranha(m-se)


Refugio estendido
na enconsta ingreme
do peito

Deitada na sombra
dos dias
que passam
sempre agitados

Faço percorrer.meu
nesse agudo e frio
sentimento

que me consome
por dentro
onde deixa ficar
um pouco mais de ti

E vai
a alma e os sentimentos
a cada segundo que passa

nos minutos estranhos das horas


(não) estou!

3 comentários:

David Marinho disse...

Não te quero a ser "consumida" dessa forma.

Amei o texto.

Beijinho

CátiaSofia disse...

Então não deixes a alma e os sentimentos irem embora, nós somos bons é com tudo, não com metades. Nãodeixess que momentos menos bons te deitem abaixo, passa por cima deles, luta, eu estou contigo, podes crer.

E um muito obrigado por todas as tuas doces palavras, e é muito bom saber que gostas da minha pessoas pelo que escrevo, pelo que me vai na alma e no coração e não te deixas levar por uma imagem que tenho.
Obrigado.
Beijo grande minha linda.

Sofia Ribeiro disse...

Lindo... acho que os sentimentos devem correr livres... nao têm que ir a lado nenhum... deixa-os viver... Obrigada pelas palavras de força.... e ele nao ficou babado com o poema... pelo contrario, nao gostou...

Bj