Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Balanços Trocados


Sinto-me por um
fiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiio
Numa corda
baaaaaaaaaamba
sem rede
sem chão...

A vida move-se
á minha frente
E não a posso agarrar

ela corrrrrrrrre

vivo cansada de a esperar...
não quero lutar
esforçar
aparecer...

Quero deixar-me ir
nesta sensação de bem estar
desequilibrada
desamparada

Parece ser tão fácil
desistir
tão mais justo
pra mim

Mas não
Não consigo ser assim...
o corpo resiste
ou a alma?
não desiste?

O que é ?
que me segura
todos os dias
as pontas do meu mundo??

3 comentários:

Marta Sousa disse...

A vida...esse velho dilema humano. Na realidade julgo que a vida nunca nos foge, somos nós que a cada acção que temos no nosso dia-a-dia fugimos da vida, daquilo que é a essência do homem. O facto de ficarmos passivos a tudo o que se passa à nossa volta é não mais que um renegar da vida, é rejeitar o viver.

Um bom poema ;) Beijinhos.

David Marinho disse...

Gostei do jogo daquelas palavras. Sentes, e isso ajuda muito. Mas que não te faça sofrer em demasia que isso nunca mereceste.

Papagaio Mudo disse...

oi menina,

sentes tudo que escreves? ou uma grande parte? qual tamanho?

abraços,

Gustavo