Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Parti...

(foto: a.c.)

A noite
fria
prendeu-me
nos momentos
esquecidos
por dentro


A chuva
que bate
na vidraça
chama o corpo
cansado
da espera
desgarrado
dos sentidos
da vida

Voa sem limite
sem hora
Voa pra não voltar

Vai
em busca de algum lugar
onde encontre
alguém
que o possa acolher
quem possa amar

Partiu
sem olhar
pra trás
a saudade que solta
a dor
alimenta a pele

gastas vão
as horas
e o medo
que o faz viver


este corpo
que é o meu
quero desistir
quero voar,
partir
sem voltar
ficar
onde ele , e só ele
se sente bem

longe de tudo
e perto do fim
do caminho



no escuro da noite
fiquei a procura
de um gesto teu
no sabor
da minha pele!

4 comentários:

solo soy Jho disse...

ola! =)

que bueno que aun puedo leerte
me gusta la forma tan peculiar que tienes de escribir, original, un muy buen toque, espero que estes bien
un abrazo a la distancia :)

y ojala puedas leerme, con eso me conformo!

Adios.!

David Marinho disse...

Tu escreves tão bem, tão espectacularmente melodioso :D


@

Íris disse...

O tempo tem-se feito sentir para mim tão pouco... porém, nas breves visitas que te faço, esse mesmo tempo tão escasso, parece parar. É como se fosse uma prémio de quietude para te poder sentir um pouco mais demoradamente!

Vim dar-te aquele beijo! ,b

Ni disse...

Estas noites que acordam e quando por fim adormecem... tristes... não descansam... só cansam.


Força!

Aqui...

Bjinhos