Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Sem Nexo mas Co(n)Sentido

Vontade
de me esconder de mim
Desejo
de deixar de sentir
o mundo lá fora
Não
quero sentir o barulho do peito
que bate imperfeito
por não te ter aqui.

Nem a música que toca na rádio
Nem a voz que assombra a memória
faz descansar a saudade
que se fecha nessa caixa
de pandora


Quero-TE aqui
Agora, Hoje, E
para SEMPRE

Amo-te, amor
Saudades Apertadas

4 comentários:

Rainbow disse...

Isso é que já é mau, estragas o meu vício! :')

Adorei o poema*

Mary disse...

Adorei, adorei, adorei!

Beijinhos querida.

Mary disse...

Adorei, adorei, adorei!

Beijinhos querida.

Sofá Amarelo disse...

Tudo só faz sentido quando a música se confunde com o assombro da memória das saudades imperfeitas e das caixas de pandora abertas na palma da mão...