Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Doçura Tua


Beijos voam da minha mão
tocados por melodias silênciosas
que batem na minha alma
em tons de notas soltas

Nem a chuva que cai lá fora
afugenta a tua doçura
que embrulho em perfumes de amora
e decoro com candura

és linda quando te olho dentro
nesse teu jeito fechado
vem afogar esta saudade
que queima o meu peito apertado
Amo-te, amor
Saudades Apertadas

2 comentários:

Delirius disse...

Todas as cores a minha alma consegue guardar sim, mas prefiro não levar. De cada cor invento tons, das tuas perdi-os...:))

Estás a escrever maravilhosamente bem. Tenho saudades de ti nos meus espaços.

Beijos.

perfume de laranjeira disse...

a minha alma percorre o universo... há muito, muito tempo... eu sou ... ninguém...e sou o ionfinito!...
aprecio a tua vontade de partilha... da tua paleta... mas eu só procuro o arco-íris!

Bem hajas

Beijos... da cor do universo...