Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Lava-me a Alma


Deixo a àgua escorrer pelo corpo
deixo as lágrimas lavarem-me a alma
e afogo as saudades que me prendem
a ânsia de te ver nesse escuro

Porque a noite volta sempre tão sozinha?
Porque o dia não me traz qualquer alegria?
quando as tuas partidas tão sentidas
teimam em deixar-me nua e perdida

Não encontro as palavras que me tocam
nem as horas que teimam em parar
Preciso de um beijo quente e doce
dos teus lábios macios pra me acalmar

Amo-te amor
Saudades apertadas



Sinto o teu cheiro pela casa
Sinto o teu sabor na minha pele
mesmo com o mar a separar-nos
a tua presença ilumina a minha alma

1 comentário:

Íris disse...

Melodia... vim deixar-te um beijo e agradecer a recepção calorosa que me fizeste! Parece nada, mas são palavras cheias de muito!
E nunca é demais sublinhar que os teus poemas são belos, repletos de uma carga emotiva que envolve e fascina quem os lê! Parabéns por seres, simplesmente, maravilhosa.

Um grande beijo!