Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Faltas-me


Um amargo
um nó que me prende
dentro

preciso-te

um ardor revolto
um calor intenso
queima-me inteira

preciso-te

uma fraqueza maior
uma angustia presente
percorre-me a alma

preciso-te
mais uma vez...

uma dor que teima em bater
uma saudade que teima em ficar
uma vontade que consome
o que resta de mim...
deste dia

preciso-te
ouves-me?!

Faltas-me
hoje mais que ontem...
como sempre

Amo-te amor
saudades

9 comentários:

Joana ' disse...

Querida Violeta.
Sei que é normal agradecer com um obrigado, por vezes enfatizado com um "muito" anteposto.
No entanto, um simples obrigado não é suficiente, nem pouco mais ou menos, para compensar o apoio imenso que me tens dado... A sério, tens sido incansável, estás sempre disposta a dar um conselho e uma palavra amiga.
Tenho pena que sintas tanto as minhas palavras, gostava que me dissesses que sempre foste feliz e não viveste o que estou a viver neste momento. Tenho pena que te identifiques tanto com a minha história...
Queria agradecer-te de outra forma, estar verdadeiramente à altura, mas não tenho como o fazer a não ser dizer-te um Obrigada sincero, do coração. **

Beijinho

ph disse...

Mudaste a decoração da tua casa : p
deste a este texto - e no bom sentido - uma profundidade violenta. : p

David Marinho disse...

Ela ouve-te, acredita.

Beijoo

Bernardo disse...

+.+ dá gosto ver-te escrever

Nuno G. disse...

sabes Violeta, tu escreves de um modo lindo... inovador!

Joana ' disse...

Mais uma vez obrigada querida..
É bom ter alguém que nos compreende, quase sem precisarmos de dizer nada, nisso tens razão. Ele é mesmo daqueles amigos que nunca me faltou... nos momentos difíceis apoiou-me sempre. :)

E obrigada pela força.. Não iremos celebrar a data como um aniversário, esse é dois dias depois, mas como uma eterna presença.. Acho que é isso. No fundo, ele estará sempre em nós.

Um beijo e outro obrigada (não são suficientes)

Ni disse...

Percebo-te.
Sinto(-te) como tu.

(D)Escreveste-me?


Sei que amanhã sentimos mais falta... mas, pensa, linda, também sentimos mais... e acredito que isso nos possa tornar a nossa alma um pouco maior.


Bjinhos.
Força!

Aqui...

Rosie Dunne disse...

compreendo o que estás a sentir...
força, neia. hás-de ultrapassar isto :)
beijinhos

Pedro disse...

Não precisas de ficar. :$

Já está a passar. Já estamos a melhorar. :$