Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

terça-feira, 20 de maio de 2008

Desafios

A minha resposta ao desafio da Elsinha
Com 6 palavras criar um "meme"
“A nossa biografia/memórias em apenas seis palavras”


(foto: Nuno Cruz )
Sou Arco-Íris Feito de brilhantes melodias!

O que nos é pedido:.
Com seis palavras escrever uma "muito curta" biografia ou conceito...
Podemos dar-lhes ênfase com uma imagem.
O que devemos também fazer:
1. Colocar um link para o/a desafiador/a;
2. Desafiar cinco blogues;
3. Deixar-lhes aviso para “valsarem”.



Convido para abrir o baile com nova "valsa":

1. A minha titia Flor

2. O meu amigo virtual: David

3. A fotografa e escritora: Carla _ Serenidade

4. O mágico poeta: O profeta

5. A Mamã: Cila e Di

Que dancem com a maior leveza que a vida vos pode dar!



(foto: Nuno Cruz)


Respondo ao desafio da tia Flor

Família: A que tenho. Não a trocaria por nada! Se tivesse que escolher escolheria a minha grande família!

Homem: alguns, grandes amigos e do peito!

Mulher: grandes amigas, começando pela minha mãe e pela minha mana!

Sorriso: O que tento fazer todos os dias, como forma de começar bem o dia!

Perfume: o meu: "anais anais"! não tirando os cheiros da natureza que desses não há comparação!

carro: não tenho! mas gosto! mas sou apologista de uma boa caminhada!

Paixão: a minha guitarra e a que trago no coração!

Amor: o que sinto pelos meus amigos e família! amor insaciável!

Olhos: os meus! mas prefiro os olhos do coração, sinceros e perfeitos!

Sal: sou sal que dá um pouco de sabor a esta terra que piso, e a esta família que tenho!

Mar: local que gosto de olhar e sentir a minha alma voar!

Chuva: adoro o cheiro a terra molhada e a sentir na cara!

Livro: qualquer um desde que interessante!

Filmes: que sejam interessantes e que tenham sentido histórico!

Musicas: vários estilos, dependendo do estado de espírito! Mas muita musica sempre!

Dinheiro: algum! faz sempre jeito :P!

Silencio: adoro! é bom tirar tempo pra mim e ouvir a voz do coração!

Solidão: por vezes sabe bem ficar sozinha, mas não algo que seja pra vida! todos precisamos de alguém que olhe por nós!

flores: todas são bonitas , mas gosto muito de tulipas e amores-perfeitos!

sonhos: muitos! e com medo de não os conseguir realizar!

Cidade: a minha: Aveiro! é linda! A Veneza de Portugal!

País: gosto do meu País, mas nesta altura era bom emigrar!

Pessoa: todas aquelas que passam na minha vida e deixam de si!

Não viver sem: Amor e amigos!

Nunca deixar de ser: eu mesma!

Qualidades: sei que tenho, mas não sou muito boa nisso! os meus amigos sabem disso melhor que eu!

Defeitos: Muitos!mas para quem Ama ( amigos e família) isso pouco importa pois veio com a encomenda não dá pra devolver! :P

Gosto: de ser livre!

Não passarei: sem viver com convicção dos meus actos!

Detesto: mentiras

Passo a "bola" aqueles que me tocaram o coração:

1. Elsinha

2. David

3. Carla _ Serenidade

4. Íris

5. O Profeta

6.Ni

7. Paula_ Esperança

8. Coragem_ Riscos de Vida

9. Teresa Calcao

10. Fernanda & Poemas

beijinhos!


No inicio o que me surgiu para este desafio, foi escrever um poema utilizando as palavras a negrito! e quero partilha-lo convosco:

Na união de um homem e uma mulher

nasce a (minha) família que transborda amor!

Ensinam como se aprende a viver!

Guardando os bons momentos marcados por:

Um livro mágico e cheio de ilusão;

Um filme cheio de acção;

Ao som do bater das ondas do mar;

prolongado por ecos de silêncio,

que nos faz perder na sua solidão;

Ao som da chuva que bate na janela pequena do meu quarto!

trazendo consigo a frescura das flores do jardim!

Ensinam que a vida é Paixão! Feita de sonhos,

com um sorriso transparente!

E aquele perfume que trespassa os olhos (da alma) de saudade!

Esta vida que está presa a esta cidade, Aveiro, a minha casa!

Meu País!

onde tento encontrar-me

no eco da minha verdade!

Obrigada pela atenção! e desculpem desde já massacrar-vos com tanta coisa pra dizer!

beijinhos

9 comentários:

David disse...

Antes de mais e quase um luxo ser interpelado por ti. Tens sido uma querida de primeira e tar ali o meu nome e uma honra e um orgulho enorme. Agradeço-te imenso e espero responder da melhor maneira ao desafio.

ADORO-TE @

elsa nyny disse...

malandrecaaaaaaaaa! aahahah

claro que aceito!


Gostei das tuas respostas!

bjtssssssss

O Profeta disse...

Pois valsarei contigo...tirarei a mácara e saberás quem é o bruxo...


Doce beijo

Serenidade disse...

Amiga querida, este tipo de desafios já anda há algum tempo a circular como tal já respondi a iguais ou semelhantes, por isso vou indicar o respectivo endereço:
Meme: http://serenidade3.blogspot.com/2007_05_01_archive.html - no dia 21 de Maio de 2007

Mais de mim bo dia 17 de Julho de 2007: http://serenidade3.blogspot.com/2007_05_01_archive.html

Obrigada pela lembrança.

Serenos sorrisos

Ni disse...

Sabes? Parece que são os poemas que se lembram de ti...

Fiquei sem palavras com mensagem que acrescentaste à "bola".

Obrigada!

Desafio aceite... prometo que brevemente a resposta estará por lá... no cantinho onde gosto de te receber.

Bjinhos

Cila & Di disse...

Ai ai ai...desafios...vá lá que o meu não é tão dificil assim ;)
Beijo doce

Coragem disse...

Obrigada minha linda por te teres lembrado de mim, mas a verdade é que já postei este desafio, até mesmo o 1º.

Adorei o poema, com as palavras em destaque...

Beijinho imenso

Flor disse...

Lira, princesa linda linda linda linda da sua titia Flor... como Tu és maravilhosa a escrever... a poesia "brota" simplesmente de Ti querida! Sou uma tia muita orgulhosa da sua sobrinha! Ai sou sou! :))

Obrigado por teres aceite responder ao desafio. Ficámos todos a conhecer-Te um pouquinho mais linda! :D

Mas gostar gostar.... ADOREI O TEU POEMA COM AS PALAVRAS A NEGRITO... TU ÉS MESMO UMA ALMA DE POESIA... GOSTO DE TI QUERIDA, MUITO MUITO... ÉS UMA JOVEM ESPECIAL... RARA NOS TEMPOS DE HOJE....

Tua tia Flor que Te admira imenso

:D

O Profeta disse...

Uma voz quebra o silêncio
Um espelho retêm a beleza
Vi com os olhos fechados
A fúria da minha incerteza

Fecham-se as janelas de poente
Este nevoeiro galga o pensamento
Uma semente solta num ribeiro
Corre no incerto de cada momento


Deixo-te uma doce acalmia


Mágico beijo