Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Desabotoada Fraqueza

Chegas em Segredo
pisando o chão
embriagado

Beijas a brisa
presa nos livros
(com cheiro a pó)
da estante

Mostras-me essa
desabotoada fraqueza
que te invade

Deixo-te ir

Perco-me na voragem
do tempo

Liberto-me da dor
Aprisionada pela Saudade!

Olho o vazio
da voz
que ressoa nos ecos
acorrentados
aquelas paredes sofridas

Sinto a pele
rasgar-se de orgulho!

Sinto o sussurro
da vontade
ao ouvido do coração:

Am@ !?

Incompreendida
e sem fôlego

deito-me na soleira
onde o sol não bateu mais
e o frio congela
as lágrimas
presas dentro de mim!

A noite cai

Permaneço ali...
à luz da lua (minha)
confidente!!!
Permanece o Silêncio
que corta a respiração
monótona

Talvez não houvesse mais nada a dizer!


6 comentários:

O Profeta disse...

Fabulosa a tua poesia...!


Doce beijo

Cila & Di disse...

Talvez não houvesse nada para dizer...mas para escrever...havia esta poesia maravilhosa! Linda!
Beijo da Cila

David disse...

Fantastico fofa :D O sentimento em td ajuda...

adoro as tuas poesias, ate escreves melhor q eu :D

@

elsa nyny disse...

Vai começar o Baile!!!
Trabalhinho no - Eu estou Aki - !!

Bjtssssss



Tá linda a poesia!
Parabéns!!!

Bjtssss

A Flôr disse...

Talvez não houvesse mais nada a dizer! Mas eu tenho algo mais para te dizer...


PASSA NO MEU CANTO E VAI BUSCAR O TRABALHINHO DE CASA QUE LÁ TE DEIXEI! Eh eheheheh

Tia Flor

Anónimo disse...

necessario verificar:)