Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Moments of me


Debruçada no parapeito da alma
fecho os olhos ao sentir a brisa

que emana de dentro de um peito transparente

De mão abertas ao mundo
deixo-as sentir a tua pele leve e perfeita
embalar-se no meu compasso quente da respiração
De cabelos soltos aos vento
que me cobrem o rosto já cansado do tempo
e das horas que esperei por ti

deixo as lágrimas que se amarraram por dentro
c
a
í
r
e
m
d
e

v
a
g
a
r
d o c e s
e revoltadas
pela pele gasta
e visivelmente magoada
pelos teus actos incontroláveis

de fugir sem dizer quando
e deixares este corpo pendurado de novo
apoiada no beiral dessa janela velha
à espera de te ver um dia
chegar em mim...

assim fiquei, a espera que o tempo parasse, mas as rugas já mostram o cansaço, que as tuas partidas provocam neste coração solitário!

6 comentários:

S* disse...

Ninguém deve esperar por outro alguém... muito menos se a espera for infrutífera.

Labios de Mel disse...

Alegra-te comigo e verás que as dores se dissiparão.

Gosto de te gostar. xD

Beijo meigo em ti, minha flor.

Balada da minha Alma disse...

Olá Candy.

Vim visitar-te e fiquei fã :)

Beijinhos.

Nokas disse...

Simplesmente fantástico :)

M.LipGloss disse...

Adorei o poema mesmo :)

aindateamo disse...

Lindo, lindo!!