Sound Track

“Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.(...) » Bob Marley

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Espero um Sinal Teu


Recolho as imagens
que captei
na saudade
do tempo

Deixo-as flutuar
na pele sofrida

o gosto da tua boca
desse deserto agridoce
nessa viragem do avesso

Anseio acalmar o jeito
louco do mundo
que preenche o peito
desajeitado

Reservo-te nesse espaço
o desejo infinito
o que não cabe
em mim
Perdi...

Achei-me sozinha
nesse amplo e vago
sentimento

a tua voz forte
que vem de dentro
prende esse mar
revolto

presa ao som
dos números que gravo
na sombra
inconsciente

do que foi e do que virá

Presa a esse desejo
encarnado e intenso
fiquei...


e no que sobrou do vento
fecho-me inteira...
espero (assim) um sinal teu!

4 comentários:

Juky disse...

Passa-se muito tempo à espera...

O desejo forte faz-nos ficer presa à vontade... e passa-se muito tempo à espera...

Lindo poema... :)

Sininho disse...

Espera um pouco de silêncio ..assim que ele chegar ..vais ouvir um sinal..pois esse sinal está dentro de ti...

um bom dia para ti..jinhos

David Marinho disse...

Sempre com poemas fantasticos e smp com algo por dizer :P Gostei imenso querida, mesmo.

@@

mari (a)penas... disse...

Voltei e como não tinhas nada de novo decidi ver o que tinhas de mais antigo.

Espera assim um sinal, porque o fazes tão bem!

Uma pessoa tão querida como tu merece que chegue depressa!

Beijinho